{lang: 'en-US'}

BTemplates.com

quarta-feira, 11 de maio de 2016

O QUE VAMOS LEVAR DESSA VIDA?

O QUE VAMOS LEVAR DESSA VIDA?

A maioria das pessoas não pensa naquilo que elas podem levar dessa vida.
Por mais que você se esforce em manter a boa forma de seu corpo, em se produzir com maquiagens da moda ou em tomar milhares de suplementos para enrijecer os músculos, todo esse trabalho terminará quando você morrer, pois você não levará seu corpo depois da morte.
Aquele que trabalha muito para comprar o carro do ano, sofisticado, de última geração, deve saber que não poderá estar com ele no além-túmulo.
Aquele que possui uma recheada conta bancária, com excelentes investimentos, com boa rentabilidade, deve entender que o dinheiro ficará aqui na Terra, e não tem qualquer valor no plano espiritual.
Toda a fama humana, a reputação, o bom nome, a popularidade, tudo o que foi conquistado com uma ótima imagem para os homens, pode não ter qualquer valor diante de Deus e não nos sera útil após cruzarmos o limiar entre a vida e a morte.
Você não pode levar sua casa, seu carro, seu dinheiro, suas posses, seu patrimônio, nem qualquer coisa composta de matéria perecível.
A matéria retorna a matéria. Como diz Eclesiastes (3, 20): “Do pó viemos e para o pó retornaremos”. A terra vai absorver nosso corpo e tudo o que um dia nos pertenceu. Todas as coisas pelas quais lutamos, brigamos, exigimos, desejamos, ansiamos… Tudo aquilo que nos deixou tristes ou deprimidos, tudo isso ficará no mundo.
O que é do mundo, fica no mundo… O que é do corpo, fica no corpo da terra, o que é material, se resolverá em seus componentes fundamentais. Tudo o que um dia possuímos será dado.
Nem mesmo seus prazeres você poderá levar. As noites impregnadas de sexo selvagem; o vinho de boa safra; as festas com os amigos; nossos programas favoritos; nossa comida predileta; todas as delícias e tentações desse mundo: tudo isso ficará aqui e nada disso irá conosco ao outro lado da vida. Não levamos nem os prazeres e nem as dores desse mundo. Tudo passa… e tudo será descartado na Terra, assim como a casca da banana é solta na terra após ser consumida pelo macaco.
Tampouco nossas emoções serão levadas. O que restará é apenas uma impressão, um apego, uma memória fugidia que pode nos tornar presos ao mundo. Nosso ego se desvanescerá. Nossas ideias serão desconsideradas. Nosso conhecimento será substituído. Nossa percepção do real será dissolvida.
O que podemos levar então?
Você poderá levar tudo de bom que tenha feito a outras pessoas. Todo amor dado. Toda palavra amiga. Toda ajuda desinteressada. Toda doação abnegada. Todo trabalho no bem te trará paz espiritual profunda. Toda luz que você acendeu no coração de outras pessoas. Toda fé que você teve iluminará seu espírito no pós-morte. Toda sabedoria disseminada. Todas as experiências que geraram aprendizado de vida. Toda harmonia, toda mão estendida, as ações que não esperam nada em troca… toda paz transmitida. Tudo isso você levará consigo após a sua morte.
Tudo aquilo que você deu na Terra, você terá em espírito. Como dizem os mestres: “O que temos, deixamos. O que somos, levamos”.
Não guie sua vida pelos valores materiais, que vão se dissolver com a morte, perecer em meio ao caos da matéria ilusória. Guie sua vida pelos valores espirituais, pelos princípios perenes… Aquelas verdades que não morrem, que não se degradam, que serão do nosso espírito para sempre… por toda a eternidade.
(Hugo Lapa)

0 comentários:

Postar um comentário